Pular para o conteúdo principal

Resenha: Enterre Seus Mortos

LIVRO: Enterre Seus Mortos
ANO DE LANÇAMENTO: 2018
AUTORA:  Ana Paula Maia
EDITORA: Companhia das Letras
NÚMERO DE PÁGINAS: 136
CLASSIFICAÇÃO: ★★★★★



Sinopse:
Uma habilidosa mescla de novela policial, faroeste de horror e romance filosófico, escrito por uma das vozes mais originais da literatura brasileira contemporânea.
Edgar Wilson é “um homem simples que executa tarefas”. Trabalha no órgão responsável por recolher animais mortos em estradas e levá-los para um depósito onde são triturados num grande moedor. Seu colega de profissão, Tomás, é um ex-padre excomungado pela Igreja Católica que distribui extrema unção aos moribundos vítimas de acidentes fatais que cruzam seu caminho. A rotina de Edgar Wilson, absurda em sua pacatez, é alterada quando ele se depara com o corpo de uma mulher enforcada dentro da mata. Quando descobre que a polícia não possui recursos para recolhê-lo — o rabecão está quebrado —, o funcionário é incapaz de deixá-lo à mercê dos abutres e decide rebocar o cadáve…

Resenha: Icarus - Revelações

LIVRO: Icarus — Revelações
ANO DE LANÇAMENTO: 2016
AUTOR:  Gabriel Ribeiro
EDITORA: Alternativa Books
NÚMERO DE PÁGINAS: 228
CLASSIFICAÇÃO: ★★★★




Sinopse:
Em um futuro não muito distante, o mundo vive um momento de paz graças aos avanços tecnológicos da empresa Icarus Inc. Mas tudo muda quando uma onda de sequestros toma conta do globo. Entre os desaparecidos está Will Shepherd, um adolescente que descobre possuir dons muito especiais e que precisará usá-los para salvar sua vida e a de seus amigos. Revelações é o primeiro livro da trilogia Icarus, que apresenta Gabriel Ribeiro como uma das grandes revelações da Literatura Fantástica.



Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minhas impressões à respeito da obra.


Will é apenas um adolescente normal, até que sua vida muda drasticamente. Após passar mal no seu aniversário e ter uma passagem no hospital, ele descobre que tem poderes especiais. Will tem poder sobre a eletricidade; consegue manipulá-la e absorvê-la. Contudo, com grandes poderes vêm grandes responsabilidades; ele nem imagina a responsabilidade que irá receber.
Após a manifestação do seu poder, Will começa a ser perseguido. Ele não sabe ainda exatamente por quem, mas alguém quer capturá-lo. Durante uma dessas fugas, dois adolescentes resgatam-no. Após o levarem para um local seguro, contam a verdade sobre seus poderes e sobre a guerra na qual ele acabou inserido. Após um breve momento de negação, Will começa a entender o seu papel e parece disposto a batalhar. Contudo, nada parece ser muito simples.
Partindo dessa premissa, Gabriel Ribeiro compõe a trama de Icarus, obra juvenil com uma pegada de fantasia urbana e até de ficção científica. Durante todo o livro, há claras inspirações, sendo X-Men a mais evidente de todas. Por Will ser uma espécie de mutante, toda aquela aura dos quadrinhos paira sobre o livro. Aliás, o que faz com que o autor solte uma ou outra referência ao universo do Magneto e do Professor Xavier. Há também características em comum com muitos outros livros do gênero. O processo de amadurecimento, reconhecimento dos poderes, treinamento, melhora em combate... tudo segue uma linha já comum na literatura juvenil.
Isso, porém, não faz com que o livro seja ruim. É claro que poucas surpresas aguardarão aos que já leram uma certa quantidade de obras desse gênero. Porém, se pensarmos na obra voltada para um público mais jovem, certamente ela cumprirá muito bem os seus objetivos. Principalmente por causa da forma que o enredo foi trabalhado.
Ribeiro preocupou-se em escrever o livro em primeira pessoa, o que confere uma aproximação do leitor com o fato narrado. Temos então um adolescente que conta sua estória para outros adolescentes. Nesse sentido, a obra torna-se muito interessante e envolvente. Apesar de já desconfiarmos do que vai acontecer no capítulo seguinte, ficamos ansiosos para lê-lo.
Ademais, vale ressaltar que a escrita do autor contribui bastante para que a leitura tenha esse ar de urgência. A escrita é ágil e sempre há algo de importante acontecendo. Então, o leitor se vê impulsionado a seguir página após página. É possível, inclusive, ler o livro em umas duas sentadas, pois é muito difícil largar a obra.
Os personagens, por sua vez, são desenvolvidos de forma mediana, mas nada muito diferente do que encontramos em livros juvenis do gênero. Como é uma série, parece-me compreensível esse desenvolvimento não tão profundo. Acredito que o próximo volume possa trazer um trabalho mais profundo e também dar um completo desenvolvimento para o protagonista.
Em resumo, Icarus encontramos um livro que não traz muita coisa nova, mas que consegue trabalhar bem na premissa que propõe. Por ter sempre algo acontecendo e uma narrativa ágil, é quase impossível abandonar a leitura. Para leitores mais jovens, o livro é recomendado. Finalizo por aqui, espero que tenham gostado da resenha e até a próxima!


Comentários

  1. Oii, como vai?
    Adoro livros nesse estilo, com personagens jovens com poderes e tudo que o acompanha. Mas faz um tempo que não leio algo assim, gostei bastante da premissa algo já comum na literatura porém ao mesmo tempo um pouco diferente.

    Abraço ♥,
    Larissa - Blog: Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa! O livro é muito bom, embora previsível. Se você gosta de fantasia urbana com personagens jovens, certamente a leitura lhe agradará. Abraço!

      Excluir
  2. Eu amo quando o autor tem essa sacada, de trazer um tema já antigo, mas com um toque de personalidade, que faz o livro dar certo. Que bom que esse foi um caso assim. Eu não conhecia a obra, mas sabendo que temos referências de X-Men, já quero ler! =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Hanna! Se você gosta de livros fantásticos com toque de ficção científica, este aqui irá lhe agradar. O livro é muito bom, além de ser nacional, o que merece sempre ser lido pelos leitores. Beijo!

      Excluir
  3. Oi, Luciano!
    Que bom que gostou do livro!
    Por ter um toque de scifi fiquei interessada haha, acho que seria uma boa leitura pra passar o tempo :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laura! A leitura é prazerosa, se puder não deixe de conferir, certamente você gostará da leitura deste livro. Abraço!

      Excluir
  4. Olá, Luciano.
    Gosto da forma com que você descreve e avalia em suas resenhas, faz um "raio-x" crítico do livro de forma singular.
    Eu não sou fã de nada que envolva super heróis, mas poderia me arriscar na leitura pois gosto de histórias que prendem.

    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maju! Obrigado . Que bom que gosta de as resenhas que escrevo. Este livro aqui é bastante envolvente, certamente você irá gostar da leitura. Abraço!

      Excluir
  5. Oi Luciano,
    Não conhecia o livro, nem o autor, não faz muito meu estilo, mas fico feliz que tenha sido satisfatório. Tomara que a continuação seja ainda melhor!

    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alessandra! O livro é muito bom, leitores jovens vão adorar o livro. Espero que a continuação seje melhor, pois o livro é muito bom, embora haja previsibilidade excessiva nele. Abraço!

      Excluir
  6. Um livro com escrita fluida é tudo que a gente ama haha. Parece um livro interessante.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leyanne! O livro é muito bom, principalmente para os leitores mais jovens. A leitura é bastante fluida e dinâmica. Abraço!

      Excluir
  7. Olá, Luciano.
    Quando comecei a ler já pensei X-Men e já me interessei pelo livro. Eu adoro livros nesse estilo e já estou anotando ele aqui para uma futura leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sil! Se você gosta do universo X-Men vai adorar a leitura do livro. Abraço!

      Excluir
  8. Oi Luciano. Que coincidência, pois terminei ontem uma leitura do gênero fantasia também. Se der tudo certo falarei dela no meu blogue. Parece bom esse livro. Por ser juvenil, suponho que seja natural não ter aprofundado certa coisas, eu acho....
    Um abraço. Tudo de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabiano! O livro é muito bom, sim o aprofundamento na obra deixa a desejar, no entanto levando-se em consideração o gênero ao qual o livro é destinado, está dentro do aceitável. Abraço!

      Excluir
  9. Oi Luciano, tudo bem?
    Ótima resenha! Deu pra sentir que esse livro introdutório reúne todos os elementos que prometem funcionar com fãs de fantasia e sci-fi. A vibe de fato me lembrou X-Men, Super-Choque, esse tipo de ambientação. Parece muito legal!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pri vou bem e você? O livro é muito legal, os leitores jovens irão adorar a obra. Beijo!

      Excluir
  10. Oi, Luciano. Tudo bem?
    Eu realmente amei essa capa e me lembrou uma mistura de X-Men (como você citou) com Super Choque e Raio Negro, realmente bem interessante essa premissa. Não conhecia o livro nem o autor. Desenvolvimento de personagem mediano dá para levar se eles forem simpáticos e ainda sendo uma série ajuda muito, irei conferir. Ótima resenha!

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa vou bem e você? O livro é muito bom, se puder leia-o. Certeza de que você gostará deste universo. Beijo!

      Excluir
  11. Oi
    a premissa parece com a de filmes de heróis que descobrem poderes, gostei da premissa, desse livro, parece ser uma leitura facil de realizar.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise! O livro é muito bom. Você irá gostar da leitura. Abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog