Pular para o conteúdo principal

Postagens

Resenha: Diário de Uma Garota Normal

Livro: Diário de uma Garota Normal
Editora: Faro
Autor(a): Phoebe Gloeckner


Sinopse:
Minnie é uma garota de 15 anos que registra num diário tudo o que sente e acontece em sua vida. Seu relato é incomum apenas porque ela conta tudo. Não há aqui a sutileza das histórias para meninas, quase sempre romantizadas para parecerem mais leves. A descoberta da sexualidade, o interesse pelos garotos, as novas amizades, tudo é contado de forma tão natural que acaba por revelar como o mundo adulto é cáustico, doloroso e cruel, se visto pelos olhos de uma adolescente que está prestes a entrar nele.


Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minhas impressões à respeito da obra.

O que dizer sobre livros em formas de diário? Aliás, livros em formas de diário são bem comuns. Ou seja, livro nesse formato e que menciona, entre outras coisas, um relacionamento amoroso é praticamente um clichê. Porém, isso é tudo que você não encontra aqui…
Postagens recentes

Resenha: Os Sete

Livro: Os Sete
Editora: Aleph
Autor: André Vianco


Sinopse:
Nobres homens de bem, jamais ouseis profanar este túmulo maldito. Aqui estão sepultados demônios viciados no mal e aqui devem permanecer eternamente. Que o Santo Deus e o Santo Papa vos protejam. Uma caravela portuguesa naufragada com mais de 500 anos é descoberta no litoral brasileiro. Dentro dela, uma estranha caixa de prata lacrada esconde um segredo. Apesar do aviso grafado, com a recomendação de não abri-la, a equipe de mergulhadores que a descobriu decide seguir em frente, e encontra sete cadáveres. Esses corpos misteriosos e cadavéricos são levados para estudos e tudo parece estar sob controle até o despertar do primeiro deles. Em Os Sete, André Vianco atualiza o mito dos Vampiros, apresentando ao leitor seres poderosos, cada um com uma característica única, mas todos com natureza monstruosa e sanguinária.


Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minh…

Resenha: Quissama

Livro: Quissama
Editora: Biruta
Autor: Maicon Tenfen


Sinopse:
Rio de Janeiro, dezembro de 1868.
O moleque Vitorino Quissama foge da senzala para procurar a mãe desaparecida. Recorre ao viajante Daniel Woodruff, ex‑agente da Scotland Yard que pode ajudá‑lo em sua missão. Transitando entre os salões da corte e as precárias moradias dos cortiços, a dupla terá de enfrentar os perigos e as injustiças de uma sociedade sustentada pelo trabalho escravo.

Baseado nos manuscritos de Daniel Woodruff (1832-1910), O Império dos Capoeiras reconstitui a saga de uma cidade dividida pela guerra secreta dos Nagoas e Guaiamuns, duas das maiores e mais temidas maltas do século XIX. Numa época em que o escritor José de Alencar era Ministro da Justiça e o Império do Brasil destinava todos os seus recursos à Guerra do Paraguai, Woodruff mal podia imaginar que, por trás da busca pessoal de Vitorino, insinuava‑se uma conspiração que mudaria os rumos da nossa História.


Olá caros leitores e caríssimas leitoras,…

Resenha: Zen Socialismo

Livro: Zen Socialismo
Editora: Geração
Autor(a): Cynara Menezes


Sinopse:
Zen Socialismo, de Cynara Menezes, reúne o que de melhor esta jornalista que prega a necessidade de uma nova esquerda no país escreveu em sua peregrinação ao mesmo tempo lúcida, denunciadora e bem-humorada pelos problemas, paranoias, fobias, absurdos ideológicos, retrocessos e baixezas da direita brasileira (e de seus adeptos mal informados) pelas redes sociais brasileiras. Reunidos em blocos temáticos como Socialismo, Brasil, Camaradas, Mundo, Maconha, Jornalismo, Vida, Sexualidade e Entrevistas, os posts são uma leitura em que o prazer do texto se confunde com o prazer de ser bem informado e de se deparar com uma inteligência lúcida que nos diz um pouco do que precisamos saber sobre o socialismo do século XXI sem as cortinas de fumaça da mídia tradicional. É isso, ainda é possível fazer o bom e velho jornalismo.


Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo…

Resenha: Os Despossuídos

Livro: Despossuídos
Editora: Aleph
Autor(a): Ursula K. Le Guin


Sinopse:
Ganhador do prêmio Nebula, em 1974, além do Hugo e do Locus em 1975, Os Despossuídos lida com temas fundamentais a sua época, como embate entre o capitalismo, o comunismo russo e o anarquismo. O romance se passa em dois planetas-gêmeos, Uras e Anarres, com sistemas políticos opostos e prestes a entrar em conflito, numa alusão à Guerra Fria.


Olá queridos leitores e queridas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minhas impressões à respeito da obra.


Eu possuía uma profunda admiração por Le Guin devido ao seu livro "A Mão Esquerda da Escuridão". Após ler "Os Despossuídos", minha admiração cresceu ainda mais. Novamente, ela consegue tocar em assuntos profundos de maneira singular. Como? Conto abaixo!

Na presente obra, conhecemos Urras, um planeta desenvolvido e com dualidade política – temos uma potência capitalista e uma nação socialista forte e desenvolvid…

Resenha: Alien

Livro: Alien
Editora: Aleph
Autor: Alan Dean Foster



Sinopse:
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para investigar um planeta desconhecido. Um tripulante é atacado por uma forma de vida estranha, e esse pode ser o início de uma história pior que os mais terríveis pesadelos da humanidade.


Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minhas impressões à respeito da obra.



Primeiramente devo informar-lhes que, normalmente eu tenho um problema enorme com novelizações: raramente elas me agradam. Da mesma maneira que um livro é adaptado para o cinema ou TV, geralmente a adaptação fica aquém, o contrário também acontece. Porém, ao ler "Alien", tive que rever meus conceitos; achei uma novelização tão boa quanto o filme – ou até melhor. Alan Dean Foster ganhou-me sem d…

Resenha: Vidas Secas

Livro: Vidas Secas
Editora: Record
Autor: Graciliano Ramos


Sinopse:
O que impulsiona os personagens é a seca, áspera e cruel, e paradoxalmente a ligação telúrica, afetiva, que expõe naqueles seres em retirada, à procura de meios de sobrevivência e um futuro. Apesar desse sentimento de transbordante solidariedade e compaixão com que a narrativa acompanha a miúda saga do vaqueiro Fabiano e sua gente, o autor contou: "Procurei auscultar a alma do ser rude e quase primitivo que mora na zona mais recuada do sertão... os meus personagens são quase selvagens.



Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minhas impressões à respeito da obra.


“A palavra não foi feita para enfeitar, brilhar como ouro falso; a palavra foi feita para dizer”, afirmava Graciliano Ramos. Em "Vidas Secas", encontramos essa premissa levada ao máximo, gerando uma obra enxuta, seca, como as vidas, como o Sertão. As palavras são feitas para …