Pular para o conteúdo principal

Postagens

Resenha: Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente: onde dorme o amor #2

LIVRO: Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente: onde dorme o amor. #2 ANO DE LANÇAMENTO: 2019 AUTOR:  TCD EDITORA: Globo Alt NÚMERO DE PÁGINAS: 256 CLASSIFICAÇÃO: ★★★★ Sinopse: O segundo livro do coletivo literário TCD mantém toda a poesia e sensibilidade que encantou milhares de leitores. Nesta coletânea de textos inéditos, os autores exploram o amor, o perdão e a cura em seus diversos aspectos, do modo poético e sensível que já lhes é característico. Prezando sempre pela pluralidade, Onde dorme o amor é um manifesto em prol do amor próprio e da aceitação, e esmiúça as nuances, delicadezas e vulnerabilidades que perpassam os relacionamentos humanos. Com as notáveis ilustrações de Júlio Almeida, este livro abraça todas as complexidades de ser, desconstruindo conceitos e lugares-comuns. Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária.Vamos conhecer! Inicialmente, discutindo a proposta do livro, preciso dizer que é no mínimo interessante, af
Postagens recentes

Resenha: Tela Virtual

LIVRO: Teia Virtual ANO DE LANÇAMENTO: 2010 AUTOR:  Eduardo Bonito  EDITORA: Literata NÚMERO DE PÁGINAS: 260 CLASSIFICAÇÃO: ★★★★ Sinopse: A Internet é realmente um dos maiores veículos de comunicação já criados na atualidade. Nela podemos ser o que queremos, fugindo assim do mundo real, criando um mundo paralelo, onde figuramos de anjos a demônios, podendo até alimentar o ódio de não ser aceito pela sociedade no mundo real. Assim começa a elaboração de uma teia nociva, permissiva e a falsa impressão de se conseguir tudo o que se quer, pela lei do menor esforço. Pessoas emocionalmente vulneráveis, de alma fraca, que transitam do mundo real ao virtual, na busca das soluções para seus problemas ou do sucesso pessoal, como, por exemplo, ser bem sucedida, como a invejada prima, sem nenhum esforço, acabar com a depressão, por ser um astro de rock e não saber lidar com o sucesso e a fama, ou alcançar a felicidade, estabilidade financeira e ser aceito como homossexual, no seio de uma família c

Resenha: Sorrisos Quebrados

LIVRO: Sorrisos Quebrados ANO DE LANÇAMENTO: 2017 AUTORA: Sofia Silva   EDITORA: Valentina NÚMERO DE PÁGINAS: 232 CLASSIFICAÇÃO: ★★★★★ Sinopse: Sorrisos Quebrados gira em torno de três personagens: a jovem Paola, a pequena Sol e seu pai, André. Os três são vítimas de violências distintas, que deixaram marcas profundas em cada um. Trata-se de uma história de superação de dores, magia, estrelas e de como importantes laços humanos podem se formar a partir da autoaceitação, da arte e da tolerância no cotidiano. Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Vamos Conhecer! Paola é uma mulher admirável. Ela começa o primeiro capítulo narrando o dia em que tudo mudou: quando a violência cometida pelo marido chegou a níveis absurdos e quase tirou sua vida – por um momento, Paola acredita que morreu e que a dor chegou ao fim. Entretanto, ao final desse capítulo mergulhamos no presente, momento em que a jovem está em uma clínica de recuperação em São Paulo

Resenha: A Guerra não tem rosto de Mulher

LIVRO: A Guerra não tem Rosto de Mulher ANO DE LANÇAMENTO: 2016 AUTORA: Svetlana Aleksiévitch EDITORA: Companhia das Letras NÚMERO DE PÁGINAS: 392 CLASSIFICAÇÃO: ★★★★★ Sinopse: A história das guerras costuma ser contada sob o ponto de vista masculino: soldados e generais, algozes e libertadores. Trata-se, porém, de um equívoco e de uma injustiça. Se em muitos conflitos as mulheres ficaram na retaguarda, em outros estiveram na linha de frente.  É esse capítulo de bravura feminina que Svetlana Aleksiévitch reconstrói neste livro absolutamente apaixonante e forte. Quase um milhão de mulheres lutaram no Exército Vermelho durante a Segunda Guerra Mundial, mas a sua história nunca foi contada. Svetlana Alexiévitch deixa que as vozes dessas mulheres ressoem de forma angustiante e arrebatadora, em memórias que evocam frio, fome, violência sexual e a sombra onipresente da morte. Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Vamos conhecer! Pense nos relat

Resenha: Aimó

LIVRO: Aimó ANO DE LANÇAMENTO: 2017 AUTOR:  Reginaldo Prandi EDITORA: Seguinte NÚMERO DE PÁGINAS: 258 CLASSIFICAÇÃO: ★★★★★ Sinopse Imagine se encontrar, de uma hora para a outra, em um mundo totalmente desconhecido onde você não conhece ninguém e ninguém demonstra saber quem você é. É o que acontece com uma menina nascida na África e levada para o Brasil para ser escrava, e que de repente acorda em um lugar estranho, habitado pelos deuses orixás e pelos espíritos dos mortos que aguardam o momento de seu renascimento. Ela não sabe mais o próprio nome nem lembra de sua família — está sozinha e não tem a quem pedir socorro. Por isso, aliás, ganha o nome Aimó, “a menina que ninguém sabe quem é”. Tudo o que ela quer é retornar ao seu mundo de origem, mas para tornar isso possível, Aimó vai partir em uma longa jornada através dos tempos mitológicos, guiada por Exu e Ifá, e vai acompanhar de perto muitas aventuras vividas pelos orixás. Só assim poderá reunir o conhecimento necessário para faz

Resenha: A Cova da Minha Irmã

LIVRO: A Cova da Minha Irmã ANO DE LANÇAMENTO: 2020 AUTOR:  Robert Dugoni EDITORA: Pausa NÚMERO DE PÁGINAS: 388 CLASSIFICAÇÃO: ★★★★ Sinopse Eles achavam que tudo tinha sido enterrado no passado. Até que os ossos apareceram… Tracy Crosswhite passou vinte anos questionando os fatos em torno do desaparecimento de sua irmã Sarah e do julgamento por assassinato, logo em seguida. Ela não acredita que Edmund House - um estuprador convicto e o homem acusado pelo assassinato de Sarah - seja o culpado. Motivada pela oportunidade de obter justiça de verdade, Tracy tornou-se uma detetive de homicídios da polícia de Seattle e dedicou sua vida para encontrar assassinos. Quando os restos mortais de Sarah são finalmente descobertos perto da sua cidade natal, Tracy está determinada a obter as respostas que sempre buscou. Enquanto procura pelo verdadeiro assassino, ela desvenda segredos obscuros, guardados há muito tempo, que mudarão para sempre sua relação com o passado - e abrem a porta para um perigo

Resenha: Uma Janela para o Céu

LIVRO: Uma Janela para o Céu ANO DE LANÇAMENTO: 2017 AUTORA:  Marina Machado EDITORA: Novo Século NÚMERO DE PÁGINAS: 286 CLASSIFICAÇÃO: ★★★★ Sinopse: Julyana Barocci é o perfeito retrato da mulher contemporânea: ela é determinada, bem-sucedida e tem o emprego dos sonhos. Agora, aos 35 anos, percebe que conquistou tudo o que queria. Bem, quase tudo. Quando o assunto é relacionamentos, o retrato não é tão fiel assim. Em Uma janela para o céu, Julyana narra com bom humor suas aventuras e inseguranças na busca por seu par ideal. Com o súbito aparecimento de seu pai desconhecido, ela descobre os fatos que a fizeram se separar do único namorado a quem amou de verdade – e de quem ficou separada por vinte anos. Essa visitinha do passado veio para esclarecer questões mal-resolvidas ou para complicar a vida de Julyana de vez? Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Vamos Conhecer! Para quem me acompanha aqui no blog sabe que romance não é o gênero po