Pular para o conteúdo principal

Resenha: Ponte de Cristal

LIVRO: Ponte de Cristal
ANO DE LANÇAMENTO: 2014
AUTORA: Thati Machado
EDITORA: Laço Editorial
NUMERO DE PAGINAS: 312
CLASSIFICAÇÃO: ★★★★★



Sinopse:
A renomada escritora Mia Prescott não imagina que a sua decisão de acertar contas com o passado causará uma reviravolta em sua vida e colocará à prova todas as suas certezas. Seu país, o Lar, precisará da sua ajuda ou sofrerá pelas mãos da mesma pessoa que arruinou seu verdadeiro eu. Vivendo na Capital, Mia não percebe que uma revolução está se aproximando e que ela é a única capaz de detê-la. Bom, ela e o homem a quem ela jurou se vingar. Ou talvez não seja ele... Quer dizer, em quem confiar?



Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minhas impressões à respeito da obra.



Quem me conhece sabe que romance não é meu gênero favorito. Porém, como a Thati resolveu dissolver uma estória de amor em um contexto distópico e com uma pegada grande de ação, resolvi embarcar. E agora c…

Resenha: O Menino no Alto da Montanha

LIVRO: O Menino no Alto da Montanha
ANO DE LANÇAMENTO: 2016
AUTOR:  John Boyne
EDITORA: Seguinte
NUMERO DE PAGINAS: 225
CLASSIFICAÇÃO: ★★★★★




Sinopse:
Quando Pierrot fica órfão, precisa ir embora de sua casa em Paris para começar uma nova vida com sua tia Beatrix, governanta de um casarão no topo das montanhas alemãs. Mas essa não é uma época qualquer: estamos em 1935, e a Segunda Guerra Mundial se aproxima. E esse não é um casarão qualquer, mas a casa de Adolf Hitler. Logo Pierrot se torna um dos protegidos do Führer e se junta à Juventude Hitlerista. O novo mundo que se abre ao garoto é cada vez mais perigoso, repleto de medo, segredos e traição. E pode ser que Pierrot nunca consiga escapar.



Olá caros leitores e caríssimas leitoras, preparados para mais uma resenha literária. Venham comigo descobrir minhas impressões à respeito da obra.



A guerra tem facetas cruéis e terríveis. Contudo, quando corrompe a inocência de crianças, tudo se torna ainda pior. Nessa obra, John Boyne retrata exatamente isso: o corromper de uma alma inocente; mais precisamente, a alma de Pierrot.
O garoto ainda era novo quando sua mãe falece e ele acaba ficando sem ter para onde ir. Até havia a possibilidade de ficar com amigos da família, mas eles eram judeus e os tempos eram difíceis. Após uma breve passagem por um orfanato, Pierrot consegue um novo lar. Ele vai morar com a sua tia Beatrix, em uma casa onde ela era governanta.
Contudo, o casarão no topo da montanha onde ele vai morar era uma das residências de Adolf Hitler. A princípio havia o temor do tirano detestar a criança. Porém, tudo fica ainda pior quando o líder nazista se torna próximo do garoto e começa a lhe ensinar os preceitos de seu regime totalitário. Cada vez mais o jovem Pierrot se afasta da sua inocência e flerta com a dor, o ódio e o preconceito. Haverá perdão para um discípulo de Hitler? Haverá como se recuperar de uma lavagem cerebral?
Partindo dessa premissa, Boyne cria uma obra bela, profunda e com forte apelo psicológico. Isso acontece principalmente devido ao excelente desenvolvimento do protagonista, o que nos permite entender como as influências podem moldar a alma de uma criança. Acompanhar a passagem da infância para a adolescência de Pierrot é algo doloroso, mas altamente verossimilhante, o que dá ao livro um aspecto único.
Outro fator que torna a leitura mais interessante é o bom aprofundamento histórico da trama. Para quem gosta de conferir enredos que se passem no período da Segunda Guerra Mundial, esse livro é uma excelente oportunidade. Apesar do foco ser a relação entre Hitler e o garoto, o fundo histórico está sempre presente, alterando, inclusive, a ação dos personagens.
É também possível tirar da referida obra um detalhe que deixará o leitor pensando por dias: a força que o poder tem sobre a mente das pessoas. Em diversos momentos do livro, o leitor é levado a pensar sobre a estrutura do poder e como ele corrompe e destrói, chegando ao ponto de não nos preocuparmos em pensar sobre outras pessoas se isso for trazer benefícios reconfortantes.
Em resumo, "O Menino no Alto da Montanha" é uma obra que toca e mexe com o leitor, tanto na parte sentimental quanto no sentido de colocá-lo para pensar. Além disso, possui um excelente embasamento histórico. Sem dúvidas, uma excelente opção para adolescentes e adultos. Recomendadíssimo. Finalizo por aqui, espero que tenham gostado da resenha e até a próxima!



Comentários

  1. Oi Luciano, tudo bem?
    Estou perplexa com a trama desse livro. Mas de um jeito bom! Fiquei muito curiosa pra ver como o autor trabalha a relação de alguém odioso como Hitler e uma criança vítima de todo o ódio que ele causou. Adorei a dica, achei super fora do lugar-comum, parabéns!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pri vou bem e você? O livro é maravilhoso, foi um dos melhores livros lidos por mim neste ano. Você vai gostar da leitura. Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Luciano!
    Achei muito boa a ideia do autor! Fiquei interessadíssima na história, uma vez que não costumo ler muitos livros ambientados na Segunda Guerra Mundial.
    Parece ser uma leitura bem reflexiva e impactante. Gostei da sua resenha :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laura! O livro faz o leitor pensar sobre os acontecimentos levando-o a questionar sobre. O livro é maravilhoso, quando puder leia-o.

      Excluir
  3. Olá, Luciano.
    Depois que li O menino do pijama listrado virei fã do autor. Mas esse eu ainda não li. Tenho certeza de que vou amar porque aliado a ótima escrita dele ainda tem o pano de fundo Segunda Guerra que gosto muito.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sil! Quando puder leia o livro, pois é uma leitura maravilhosa. Abraço!

      Excluir
  4. Uau! Deve ser um livro incrível.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Emerson! O livro é incrível, quando puder leia-o. Bom fim de semana. Até mais..

      Excluir
  5. Nossa, eu acho que nunca uma resenha sua me deixou tão curiosa para ler a obra. Juro. Adoro livros que envolvam temas, acontecimentos e/ou pessoas reais e poder ver através de um jovem, o poder da influência de um adulto em seu amadurecimento e formação de caráter me deixou bem curiosa, ainda mais porque eu trabalho com crianças. Até anotei o nome do livro aqui porque com toda a certeza eu vou procurá-lo para ler.

    Abraço,
    Larissa ♥
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa! Que bom que o livro despertou seu interesse. Aconselho-te a lê-lo, pois é uma leitura maravilhosa, certamente você vai gostar. Abraço!

      Excluir
  6. Oi
    esse parece ser um livro bom, gosto de histórias que se passam na época de guerra, eu só li um livro do autor até hoje que foi o garoto no convês e mexeu muito comigo, preciso ler outras obras dele.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise! O livro é maravilhoso. Quando você puder não deixe de conferir.

      Excluir
  7. Livros que me deixam pensando por dias são poucos e valorizo isso. O tema é algo que não estou no clima para ler no momento, mas pode ser uma indicação ótima para eu ler no futuro.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leyanne! Quando estiveres no clima leia-o, pois é uma leitura maravilhosa. Beijos!

      Excluir
  8. Hello!
    Your blog is so beautiful. I really like it.
    Follow for follow? I already follow you.
    My blog: https://aprovechalavidacadadiaa.blogspot.com.es/
    ¡Kisses from Aprovecha La Vida Cada Día !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi thank you very much! Glad to know that you think the blog is beautiful. I will follow you back. Kisses!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog